IFF/Fiocruz realiza curso de especialização em Enfermagem Neonatal

 


Pela primeira vez, 70% do curso de especialização em Enfermagem Neonatal,
promovido pelo IFF/Fiocruz, está sendo realizado na modalidade EAD


O Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz), como instituição executante da Estratégia QUALINEO - iniciativa da Coordenação de Saúde da Criança e Aleitamento Materno - COCAM/DAPES/SAPS/MS para a redução da mortalidade neonatal no Brasil - promove curso de especialização em Enfermagem Neonatal, na modalidade de Educação a Distância (EAD). O curso tem como meta a formação de 150 enfermeiros que atuam nas Unidades Neonatais (UN) de 42 maternidades de 10 estados brasileiros, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Bahia, Ceará, Maranhão, Piauí, Sergipe e Mato Grosso.

Integrantes da equipe da Área de Atenção Clínica ao Recém-nascido do IFF/Fiocruz, as enfermeiras Karla Pontes e Marcelle Araújo integram a coordenação do curso que tem o intuito de qualificar profissionais da enfermagem na assistência neonatal “fortalecendo o compromisso da instituição as ações nacionais, disseminando as boas práticas em prol da redução da morbimortalidade neonatal", reforça Karla Pontes.

Conforme informado pela enfermeira Marcelle Araújo, “em outubro deste ano, esta primeira turma concluirá a especialização e estamos discutindo uma nova proposta para o próximo curso. Ressalto que o edital será publicado no site do IFF/Fiocruz”.

Breve histórico do curso

Como instituição de referência e multiplicadora de um cuidado neonatal com qualidade e segurança, em 1985 o IFF/Fiocruz deu início à capacitação de enfermeiros. “Com o passar dos anos, a incorporação de novos tratamentos e tecnologias tornou relevante a necessidade de articular a atividade prática com a teoria na formação de profissionais com um alto nível de qualificação. Nesse contexto, em 1998 foi realizado o primeiro Curso de Especialização em Enfermagem Neonatal do Instituto e, desde então, formamos anualmente 20 enfermeiros especializados no formato presencial”, explica Karla Pontes sobre a trajetória do curso.

Desde 2018, a Estratégia QUALINEO vem promovendo um conjunto de iniciativas articuladas para melhoria das práticas de cuidado neonatal e qualificação da atenção ao recém-nascido nas maternidades. Dentre essas ações de qualificação, foi iniciado, em outubro de 2021, o primeiro curso de Especialização em Enfermagem Neonatal em modalidade à distância. O curso tem duração de 1 ano e uma carga horária total de 585 horas, sendo 70% sob a forma de estratégias educacionais teóricas e teórico-práticas, por meio de plataforma virtual, e 30% na modalidade de estratégias educacionais práticas presenciais”, comenta Karla Pontes.


O curso visa formar especialistas para contribuir na redução da mortalidade neonatal no Brasil.
Imagem: Oficina prática no Hospital Universitário Júlio Muller - Mato Grosso


Estratégia QUALINEO

Segundo a coordenadora de Ações Nacionais e de Cooperação do IFF/Fiocruz, Maria Gomes, a execução da Estratégia QUALINEO está estruturada em três eixos articulados e complementares:

  • Fortalecimento da capacidade de planejamento e gestão da rede de atenção perinatal nos estados e municípios;
  • Qualificação de práticas clínicas por meio de ambientes virtuais (disseminação do conhecimento, qualificação profissional, especialização e formação de lideranças clínicas regionais) e de metodologias de melhoria de processos;
  • Monitoramento e avaliação do cuidado e desfechos clínicos nas principais causas de morbimortalidade neonatal.

“Em nosso papel nacional na execução do QUALINEO, inserimos esse Curso de Especialização, pela primeira vez na modalidade de EAD, fornecendo as atividades no Ambiente Virtual para mais de 40 maternidades em todo Brasil. O Curso se articula às demais iniciativas potencializando seu impacto na melhoria de processos, na incorporação de práticas clínicas baseadas nas melhores evidências e na efetiva utilização de indicadores do cuidado e dos resultados neonatais”, alega Maria Gomes.


Atualmente, 159 enfermeiros estão em formação no curso de Especialização em Enfermagem Neonatal. Interessados no próximo curso devem ficar atentos às atualizações no site do IFF/Fiocruz. Imagem: Oficina prática na Maternidade Ana Braga – Amazonas

Destaques

Vídeos