IFF/Fiocruz ilumina escultura na cor laranja para celebrar a segurança do paciente

A Organização Mundial de Saúde (OMS) instituiu o dia 17 de setembro como Dia Mundial da Segurança do Paciente (DMSP). Este ano, 2021, o tema da campanha é cuidado materno e neonatal seguro e o slogan chama à ação em prol da segurança no parto: “Aja agora em favor de um Parto Seguro e Respeitoso!”. Para celebrar a data, o Instituto Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente Fernandes Figueira (IFF/Fiocruz) desenvolveu uma agenda extensa de atividades alusivas ao tema, entre elas, a iluminação da escultura de bronze, que caracteriza a imagem do Instituto. Datada de 1971, ela representa uma figura feminina que carrega um bebê no colo, simbolizando o amor materno. O objetivo da iluminação é dar voz à luta em favor do cuidado materno e neonatal.

Segundo a coordenadora de Atenção à Saúde do IFF/Fiocruz, Lívia Menezes, a escultura por si só legitima a iluminação. “ A Direção entende que o ineditismo da iluminação é no momento oportuno, pois somos a unidade técnico científica da Fiocruz, que tem como missão cuidar da saúde das mulheres e das crianças. Iluminar a escultura simboliza iluminar o Instituto e sua missão, iluminar este importante tema para a saúde pública, iluminar as mulheres e suas crianças em prol de um cuidado seguro, e iluminar os profissionais dedicados que atuam na promoção desse cuidado em nossa maternidade e UTIs neonatal”, enfatizou. Ainda como parte das homenagens alusivas ao dia 17 de setembro, o Castelo Mourisco da Fiocruz também será iluminado na cor laranja.

No mundo, todos os dias 830 mulheres morrem de causas evitáveis relacionadas à gravidez e ao parto. E, anualmente, 2,5 milhões de bebês morrem logo após nascer. Os dados são da OMS. No Brasil, essa tragédia foi agravada pela pandemia, com o registro de 38 óbitos maternos por Covid-19 a cada semana em 2021, segundo o Observatório Obstétrico Brasileiro. Esta situação dramática pode e deve ser evitada. A maioria das mortes durante a gravidez decorre de causas que poderiam ser tratadas.

Nesse contexto foi criada a Aliança Nacional para o Parto Seguro e Respeitoso, que reúne em torno de 50 entidades dispostas a atuar em prol da redução da mortalidade materna e neonatal e da garantia de direitos básicos para o parto e para o nascimento seguros em nosso país. Dentre os membros da Aliança está o Portal de Boas Práticas do IFF/Fiocruz. Segundo a coordenadora do Portal e de Ações Nacionais e de Cooperação do Instituto, Maria Auxiliadora Mendes Gomes, é preciso avançar nas ações de fortalecimento e qualificação das práticas clínicas, do direito à vida e à saúde previstos na constituição. “Esses direitos não se concretizam se as práticas e os processos assistenciais não forem adequados”, reforçou Maria.

Ainda no cenário da Covid-19, a cirurgiã pediátrica do Núcleo de Qualidade, Segurança do Paciente e Gerência de Risco (Qualiseris) do IFF/Fiocruz, Claudia Tavares Regadas enfatiza a importância da redução de atos inseguros nos processos assistenciais e a utilização das melhores práticas, com o objetivo de alcançar resultados satisfatórios. “No contexto da Covid-19, onde o conhecimento ainda é parco e vem se acumulando progressivamente, a cada momento, o que é melhor está mudando, então é mais importante ainda, a gente usar da metodologia de trabalho, da segurança do paciente, focando nas organizações dos processos de trabalho e nas análises dos resultados. ”

Programação

Ainda como parte da programação alusiva ao Dia Mundial de Segurança do Paciente, o IFF/Fiocruz realizará, no dia 17 de setembro, de 9h às 11h30, o IV Seminário de Segurança do Paciente do IFF/Fiocruz: Cuidado materno e neonatal seguro. O evento será transmitido através do link: https://www.youtube.com/c/InstitutoFernandesFigueira. Com objetivo de incentivar a participação dos trabalhadores no contexto da segurança do paciente, o Qualiseris do IFF/Fiocruz desenvolveu um Quiz alusivo à data. Para complementar a programação, o Portal de Boas Práticas está realizando uma série de eventos alusivos ao parto seguro. Acesse o link: https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-mulher/dmsp2021/, e acompanhe.






Informações Adicionais